Motorista de caminhão morador de Itamaraju Renato é assassinado na BR-418 há 8 km de Nanuque


02/06/2023 14h41 | Por: Redação/teixeiraurgente

Renato Chaves da Silva, de 32 anos, foi morto com vários disparos de arma de fogo, na noite desta quinta-feira, 1 de junho na BR-418 no km 26 próximo à ponte da fazenda Itapura sentido a cidade de Nanuque.

De acordo a Polícia de Nanuque que atendeu a ocorrência, que teria recebido uma denúncia anônima que um caminhão VW/24–250 placa NZU-6101 licenciado na cidade de Teixeira de Freitas, estaria funcionando com as portas abertas e sem motorista. Uma equipe da Polícia Militar deslocou até o local onde constatou a veracidade.

Os militares ao chegar ao local encontraram próximo ao caminhão um chinelo e quatro cápsulas de arma de fogo deflagrado que segunda a Polícia provavelmente seria de calibre 38, e atrás do caminhão foi encontrado um projétil de arma de fogo, um óculos de grau e no acostamento da pista mais duas cápsulas do mesmo calibre.

Os Policiais Militares ao fazer uma busca do motorista em uma vegetação existente nas margens da rodovia acabou observando alguns matos quebrado descendo uma ribanceira, a uns dez metros de distância da pista observaram um corpo de uma pessoa com sangramento no rosto, os Policiais acionaram uma equipe do SAMU que ao chegar ao local constatou que a vítima já se encontrava sem vida.

A perícia foi acionada pela Polícia Militar que esteve na sena do crime composto pela perita criminal Lidia Iris e Guilherme Augusto, que fez o levantamento cadavérico e constatou que Renato teria sido alvejado com vários disparos de arma de fogo, nos braços e antebraços, pescoço, rosto, nádegas e nas costas.

Não foi localizado nem a carteira da vítima e o celular na cena do crime o qual a polícia acredita que Renato foi vítima de latrocínio que é roubo seguido de morte.

Após pericia de local, o corpo foi removido ao IML onde vai passar por exame de necropsia e liberado aos familiares. A polícia informou que já começou as investigações para localizar o autor ou autores responsáveis pelo crime. Renato Chaves era natural de Itamaraju e morava com sua esposa.


Veja também

2º Nivelamento Interfederativo para Guarda Municipais
SSP promove 2º Nivelamento Interfederativo para Guarda Municipais
Governo do Estado autoriza compra de Veículos Blindados Táticos para Polícias Militar e Civil
Governo do Estado autoriza compra de Veículos Blindados Táticos para Polícias Militar e Civil